Postagens

Quem manipula não ama

Imagem
Manipular uma pessoa corresponde ao ato de se valer de sua ingenuidade e instigar nela sentimentos de culpa com o intuito de levar vantagem.
Manipular o parceiro amoroso implica se valer do poder que deriva do fato de ser amado com o intuito de obter benefícios pessoais indevidos.
Quem manipula é ciente do que faz e não sente culpa alguma ao se valer dos sentimentos do parceiro para alcançar seus objetivos individuais.

Uma forma óbvia de manipulação é a chantagem sentimental: ameaçar ou provocar pena e culpa faz o que ama dizer SIM quando queria dizer NÃO.

Quem ama de verdade costuma sentir muito medo da ruptura do elo. Torna-se presa fácil de um parceiro que use sua “fraqueza” para manipulá-lo.

Quem manipula não ama. Quem ama faz o oposto com o que sabe acerca das fraquezas do parceiro: toma todo o cuidado para jamais se valer delas.

Por Flávio Gikovate

Abraços Fraternais

As Decisões

Imagem
As decisões são sempre suas!
E as dificuldades de tomá-las também! Mas é você quem deve estar no controle!
Nunca esqueça que o verdadeiro poder de tomar decisão é sempre seu.
É um instrumento que você pode usar a qualquer momento.
Inclusive você pode começar a mudar a sua existência neste exato momento!
Se não há ação, então você não decidiu nada!

Não se engane mais, viu?
Empenhe-se pra valer. Porque uma decisão tem que ser verdadeira.

Não demore a vida toda para fazer o que você sabe que precisa ser feito.
Lembre-se que as pessoas mais bem sucedidas são aquelas que tomam decisões depressa!
Tem gente que toma suas decisões devagar e mudam de ideia depressa, pulando de lá pra cá e daqui pra lá. Já que tem sempre que decidir, decida!
Pare de embarrigar e empurrar pra depois o que você já sabe o que precisa!
 Já que tem que tomar injeção, tome logo!

Habitue-se a tomar decisões com frequência!
Quanto mais decisões você tomar, melhores elas serão.
É treinamento!
Libere já o seu poder, tomando aquela decis…

Administrando o Medo

Imagem
Recente pesquisa revelou que muitos brasileiros  vivem dominados pelo medo.
Medo que vai desde o de ser assaltado, perder um filho, descobrir que tem uma doença grave, não conseguir pagar as contas, a sofrer um acidente, ter um ataque cardíaco ou perder o parceiro.

Alguns dos entrevistados revelaram que nem saem de casa ou que, em casa, vivem em sobressalto, ao menor ruído estranho.

Naturalmente, vivemos num mundo onde há muita violência, maldade e dificuldades.

Mas, é importante se pense um pouco, a fim de não se engrossar o rol dos que vivem sob a injunção do medo, perdendo anos preciosos das próprias vidas.

Assim, não sofra por antecipação. Algumas pessoas, sugestionáveis, assistem imagens violentas na TV e acham que fatos como aqueles poderão acontecer com alguém da sua família.

Tomar precauções é recomendável. A ninguém se pede que seja incauto, imprevidente.

Mas daí a ficar pensando, a toda hora, que algo terrível vai acontecer, será o mesmo que desistir da vida desde agora.

Pessoas que …

Mecanismos de Defesa

Imagem
Os mecanismos de defesa da Psicanálise
Sigmund Freud falou que o papel do EGO é satisfazer os impulsos de ID e não ofender o caráter moral do SUPER EGO, enquanto a realidade é apreciada. Não é uma tarefa fácil, e Freud descreveu os mecanismos que usamos para gerenciar os conflitos entre essas instâncias psíquicas. Mecanismos de defesa, portanto, são procedimentos inconscientes que mantém o equilíbrio psicológico ao enfrentarmos a ansiedade associada à exposição consciente de uma representação pulsional (sexual ou agressiva) ou com a transgressão de um código moral.

Mecanismos de defesa são formas incorretas de resolver um conflito psicológico e podem levar a distúrbios na mente, no comportamento e, em casos extremos, na somatização do conflito psicológico. 

Mecanismos de defesa:

Deslocamento
Refere-se ao redirecionamento de um pulso (geralmente uma agressão) para uma pessoa ou objeto. Por exemplo, alguém que está frustrado com seu chefe e chuta o seu cão.

Sublimação
É similar ao redirecionam…

Teoria Libido

Imagem
Assim, parecia que a investigação Psicanalítica muito lento, tinha alcançado o mesmo resultado que a especulação Jung, sobre a libido primordial, desde a transformação da libido do objeto no Narcisismo trouxe consigo, inevitavelmente, alguns dessexualização, um abandono de fins sexuais especiais . Mas a Reflexão que se os instintos do ego auto-preservação são reconhecidas como libidinal, isso não prova que o ato também não impõem outros instintos.

Alega-se a existência de multilateralmente um inato instinto de rebanho especial, que determina o comportamento social dos homens e incentiva o indivíduo para a reunião nas comunidades mais amplas. A Psicanálise tem que se opor a esta tese. Se o instinto social também é inata, pode ser encaminhado sem dificuldade, cargas objeto originalmente libidinal e criança desenvolve indivíduo como produto de reação a atitudes hostis de rivalidade. Repousa em uma forma especial de identificação com os outros.

Estudo Reflexivo de tendências sexuais única a…

Base da Psicanálise

Imagem
                           Sigmund Freud*O Pai da Psicanálise

A base da Psicanálise é o inconsciente e as pulsões. 
Prática clínica para o tratamento de doenças psíquicas,e é direcionada as pessoas que por algum motivo sofrem.
Método de cura pelas palavras. Acredita que o homem não é sujeito da razão, porque há algo que a razão não consegue explicar, o homem é sujeito do INCONSCIENTE.
Apenas uma parte da vida psíquica é consciente, que alguns conteúdos são pré-consciente, mas, que a maioria é inconsciente.

O consciente contém informações que o sujeito sabe sobre si mesmo. O pré-consciente aquilo que não lembra na hora, mas que pode trazer para a consciência. E o inconsciente seria a parte mais arcaica do aparelho psíquico, aquela parte que não se tem acesso.

Sabemos que o inconsciente existe porque ele se manifesta através dos sonhos, atos falhos e sintomas.

Os Psicanalistas dão muita importância a infância quando se fala da etiologia dos transtornos psíquicos, isso porque segundo a Psicanál…

10 Dicas simples para viver mais feliz

Imagem
Viver com alegria, pode ser uma escolha que fazemos todos os dias, na forma como encaramos os desafios e situações que aparecem. 

As dicas a seguir são simples  e podem ser aplicadas por todos nós, confira:

1- Reconhecer as pequenas alegrias da vida, por menores que sejam, é algo que vai elevar seu nível de felicidade.

2- Ajudar os outros vai lhe proporcionar uma enorme satisfação. Além de esquecer seus próprios problemas você vai sentir alegria em ser útil as pessoas.

3- Ser mais tolerante e compreensivo com você mesmo e com suas imperfeições procurando superação sem culpa, são atitudes que vão influir no seu bem estar.

4- Realizar ao menos uma atividade prazerosa por dia, por mais simples que seja, é algo que influi positivamente no seu estado de espírito.

5- Planejar e tentar realizar projetos é algo que além envolver você de modo positivo, também vai lhe impulsionar na busca do objetivo sonhado.

6- Aprender algo novo gera satisfação pois vai ampliar seus horizontes, ajudando você a ter um…